Baianos comemoram chegada das chuvas nesta sexta-feira (26)

O povo da Bahia está festejando muito com a chegada das chuvas que aconteceu nesta sexta-feira (26/01). Se, por um lado, os temporais quando chegam com força deixam um rastro de destruição por onde passam, por outro é sinônimo de vida e fartura para o homem do interior e até mesmo do campo, que necessitam do bom tempo para sobreviver. Sem a água, a vida fica impossível! Daí a alegria do povo baiano com a chegada das chuvas.

Por meio das redes sociais, diversos vídeos circulam e demonstram que temporais aconteceram em várias cidades da Bahia. Em Salvador, por exemplo, o dia estava bem nublado, com chuvas em vários pontos da cidade.

Na cidade de Baixa Grande, que fica a 252 km de Salvador, até esta sexta-feira (26), já choveu 41 mm, o que representa 47% da média normal para o mês. A média mensal de chuva em janeiro na cidade de Baixa Grande é de 87 mm, segundo dados combinados de estações meteorológicas e satélites do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC).

As condições de tempo mudam no decorrer desta semana no estado da Bahia, devido à atuação de um cavado meteorológico e ao transporte de muita umidade que veio do mar desde a última segunda-feira (22) e a terça-feira (23). Os municípios do oeste, norte e principalmente o litoral sul do estado estão em ALERTA.

O risco de temporal é grande em muitas cidades do oeste e sul do estado, regiões como Vitória da Conquista, Itabuna, Jequié, Barreiras e Caravelas – podem receber acumulados já elevados, assim como as cidades de Ilhéus e Porto Seguro.

Com a atuação da ZCAS mais ao norte, o sul e oeste da Bahia voltam a receber chuva persistente a partir da quarta-feira, 24 – potencializando o risco para transtornos, principalmente as regiões do litoral. A previsão indica muita chuva, pelo menos, até a segunda-feira, 29 de janeiro – mas com tendência de desconfiguração do sistema, a partir do domingo, 28.

A Climatempo alerta para chuva intensa e volumosa, que pode gerar acumulados altos. Com a condição de mau tempo, o potencial para alagamentos, enchentes e inundações é alto, além de possíveis deslizamentos de terra. A preocupação aumenta também com relação aos ventos que, durante os episódios de temporais, podem variar entre 70 a 90 km/h.

Da redação do Acontece na Bahia

Fonte: Climatempo