Autoridades desarticulam esquema de “rifa de mulheres” na capital e prendem “chefona”

Nesta quinta-feira (2) um caso gerou revolta no povo. Uma operação policial desarticulou um esquema que “rifava mulheres”.

Ainda era noite quando a Polícia Civil desarticulou um esquema que “rifava mulheres” em Salvador. O esquema funcionava nma casa de prostituição no bairro do Itaigara, considerado de classe média-alta, vendia bilhetes virtuais com números, uma espécie de “rifa virtal”, de mulheres que realizariam programas com o ganhador. Os agentes adentraram o local na noite da última terça-feira (2) e haviam pessoas lá no momento. Foram apreendidos R$ 32 mil, 100 euros e U$ 277. Mas não termina aí.

Segundo a polícia, a principal acusada de comandar o esquema é uma mulher e ela também foi presa. Simone Moutinho, delegada do Dercca, afirmou:

Elas eram ‘coisificadas’ ao serem tratadas como objetos, negociadas em ‘rifa’ e niveladas a bebidas alcoólicas, além da própria exploração sexual. Foram encontramos seis garotas de programa no imóvel, que confessaram a atividade naquele local”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: