Autoridades confirmam que jovem encontrada sem vida tinha histórico de desaparecimentos

Segundo informações dos próprios familiares à polícia, eles não tinha informações do paradeiro da vítima desde 24 de setembro, essa não foi a primeira vez que a garota sumiu, relatou os familiares. O corpo foi encontrado às margens de uma estrada em Avaré. Mas afinal, o que aconteceu?

Um corpo encontrado em estado de decomposição, às margens de uma estrada, na área rural de Avaré (SP), na última quinta-feira (30) é da jovem de 18 anos que estava desaparecida desde o dia 24 de setembro.

Ficou constatada a identificação da vítima, Jennifer Eduarda da Cruz Blimblem, pelo Instituto Médico Legal, apenas no sábado (2), por causa do avançado estado de decomposição. Segundo parentes, o motivo foi que Jennifer havia desaparecido outras vezes em 2014, 2018 e 2020, apenas no dia 28 de setembro a família resolveu fazer o registro da ocorrência, relatou a Polícia Civil.

Os detalhes não foram informados pela Polícia civil, nem sobre os outros desaparecimentos, nem sobre onde foi localizada nas vezes anteriores. Após encontrar um corpo em estado avançado de decomposição, um morador acionou a Polícia Militar na quinta-feira (30). o laudo foi divulgado na manhã deste sábado, onde constava  o reconhecimento do corpo da jovem que foi liberado para ser sepultado.

A jovem foi encontrada com lesões na cabeça e diversas perfurações pelo corpo. Ainda não foi divulgado se as perfurações foram causadas por arma de fogo ou arma branca. Segundo a Polícia Civil, foi registrado um boletim de ocorrência e a  delegacia de Avaré estará fazendo a investigação do caso. Até a tarde de domingo (3), ninguém havia sido preso.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: