Áudios revelam que Tio que teria furtado carne com sobrinho em mercado pedia R$ 700 para ser ‘solto’

Mais um capítulo do crime bárbaro que aconteceu em Salvador, foi divulgado nesta semana. Após Tio e sobrinho terem sido achados mortos, com sinais de torturas dentro do porta-malas, após terem supostamente furtado em supermercado na última segunda-feira (29). A mãe do Jovem Ian, de 19 anos, divulgou um áudio, onde o tio, estaria pedindo dinheiro para pagar as carnes.

“Se ligue, rodei no Nordeste aqui, vê se desenrola R$ 700 reais para pagar as carnes que peguei aqui, ‘Beição’”

Segundo o Portal G1, em entrevista, a testemunha informou que os dois rapazes, tio e sobrinho, havia ido ao supermercado Atakadão Atakarejo, no início da tarde da última segunda-feira. Ela conta que em seguida, Bruno Barros, telefonou para uma amiga, pedindo dinheiro para “pagar as carnes”

“Bruno ligou para uma irmã de consideração pedindo dinheiro para pagar as carnes, porque eles estavam no mercado de Amaralina. Bruno estava com ele no mercado. Eles pediram pagamento das carnes, de R$ 700 reais, que os seguranças estavam pedindo. Na ligação, Bruno disse: ‘eles já estão me entregando, os seguranças do supermercado estão me entregando para os traficantes’” informou.

De acordo com o portal, Ian Barros e Bruno Barros foram encontrados sem vida na noite de segunda-feira (29). Eles foram torturados, levaram golpes de facadas e receberam muitos disparos de tiro.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: