Áudio: Pouco antes de morrer, Ariane avisou a mãe que sairia para lanchar com os três amigos; que agora estão presos

Neste sábado (18) veio à tona mais detalhes do caso Ariane. Trata-se do último áudio enviado pela jovem antes de partir.

Aos 18 anos, Ariane de Oliveira foi achada morta cerca de 7 dias após desaparecer em Goiânia. Ela avisou a mãe que sairia de casa com amigos para lanchar, mas não retornou para casa. Após o corpo dela ser localizado, foram presos três “amigos” dela: Jeferson Cavalcante Rodrigues, de 22 anos, Raíssa Nunes Borges, de 19, Enzo Jacomini Carneiro Matos, de 18. Confira o que Ariane falou com a mãe antes de sair:

“As meninas me chamaram para comer lá no Jaó. Vão pagar a ‘broca’ hoje, e eu estou indo. Elas vão me buscar de carro hoje, mãe. Aí eu vou, né? Vai pagar a comida, me buscar de carro e me deixar em casa, sou besta?” Escute na voz de Ariane:

De acordo com as autoridades, a motivação do crime teria vindo de uma das acusadas. Ela queria saber  “se era uma psicopata” e para isso resolveu matar alguém aleatoriamente. Ariane teria sido escolhida porque era a menor. Além disso, de acordo com o portal Globo, a mãe de Ariane contou que já havia recebido vídeos da jovem com esses mesmo amigos quando saía:

“A Ariane saía muito e sempre me mandava vídeos com quem ela estava, inclusive, vídeos com eles. No dia, ela estava pronta para dormir e eles a tiraram de casa. A chamaram para morte.”

Da Redação do Acontece na Bahia

 

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: