Atual governador da Bahia, Rui Costa, se coloca na corrida presidencial de 2022

Neste sábado (5) circulou nas redes a noticia que Rui Costa, Governador baiano, gostaria de participar das eleições presidenciais de 2022. Segundo o governador, os partidos de esquerda deveriam se unir em uma frente única contra o atual presidente Jair Bolsonaro.

“Quero participar desse processo, o Wagner também. Nós temos um papel fundamental. Os governadores estão conversando para intensificar nosso dialogo, independente de estarmos juntos ou separados no primeiro turno. Quem não participa do atual governo deve conversar sobre saídas para 2022. Podemos ou não estar juntos no primeiro turno, mas precisamos estar no segundo. Para isso, é preciso construir um parâmetro único, junto à sociedade brasileira, com diálogo intenso ao longo de 2021”, afirmou

“Se sair uma candidatura única, ótimo. Se não, não precisamos nos agredir. Estou vendo agressões aí que não ajudam, mostrando a mesma intolerância do governo Bolsonaro. Não é só trocar o nome do presidente, é o ambiente político que precisa ser trocado, em busca de estabilidade, de paz. Trocar Chico por Francisco não dá. O Brasil não quer xingamento, seria uma reprodução do que está aí”, completou.

Além de Rui, outros políticos da esquerda estão sendo indicados para as eleições. Entre eles o ex-governador da Bahia Jaques Wagner (PT), o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) e o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque.

Comente: