“Até parece que ela precisa de lei”: Depois de ser atacada por Bolsonaro, Ivete Sangalo recebe apoio de artistas

Ivete Sangalo está recebendo uma onda de apoio de artistas que não apoiam o governo Bolsonaro. Depois de ecoar um coro contra o presidente durante um show, a cantora foi alfinetada por Bolsonaro.

Artistas como Tico Santa Cruz, da banda Detonautas, Ingrid Guimarães e Fernanda de Abreu se juntaram para demonstrar o seu apoio. No twitter a hashtag Menos Bolsonaro, Mais Ivete foi parar nos assuntos mais comentados do Brasil.

Bolsonaro criticou Ivete Sangalo afirmando que a atitude dela se daria pelo fim “da teta gorda” que ela teria com a Lei Rouanet. Entretanto, a cantora não foi beneficiada com a Lei, visto que não tem nenhum projeto aprovado nela.

Ivete também chegou a ser chamada de “vagabunda” pelo apresentador Luiz Almir, da Band Rios. “Ninguém tem o direito de ir cantar, juntar o povo que paga para ver o show de uma mulher que já está em decadência, velha, feia, frouxa, e a vagabunda fica mandando a maior autoridade do país tomar no c*, em pleno microfone em um hotel cinco estrelas”, disse ele.

Com essa onda de ataques à cantora, Ivete recebeu apoio de artista. “Bossal. Até parece que Ivete precisa de lei. Esse é o sonho dele: que a gente precise dele para alguma coisa”, recebeu a atriz Ingrid Guimarães.

“@ivetesangalo
me representa!!!
👊🏽🎶♥️ Grande artista popular brasileira, cantora, compositora, comunicadora, talentosíssima e gente boa! Construiu uma carreira vitoriosa, de quase 30 anos, com talento e o suor do seu trabalho!!!
Aí, vem um Zé ninguém mentiroso, metido com milicianos, corruptos, genocida, que está destruindo essa nação e a nossa cultura pra falar dessa mulher. É o fim da picada”, escreveu Fernanda Abreu.

Ivete, até o momento, não se manifestou.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Destaque.

Comente: