Apresentadora agredida pelo ex-namorado tem pedido negado por juíza e desabafa em vídeo emocionada

Uma notícia está sendo destaque nesta quarta-feira (14). Após a apresentadora Silvye Alves, do Cidade Alerta Goiás, ser agredida pelo ex-namorado Ricardo Hilgenstieler, que invadiu a sua casa e a agrediu, principalmente no rosto, ela passa agora por mais um momento de angústia. Em seu Instagram, ela desabafou sobre a decisão da juíza de não aceitar seu pedido de busca e apreensão na casa do agressor.

 

 

“Eu só estou vindo aqui para trazer a público uma situação porque é inadmissível o direito que me foi tirado hoje por uma juíza mulher. Eu não sei se essa juíza tem filha, eu não sei, eu nunca vi o rosto dessa juíza, mas eu estou indignada com essa excelentíssima juíza”, disse Silvye.

 

“Eu tenho certeza que muitas de vocês já podem ter passado por isso. Eu não sei por que meu ex-companheiro… se era uma obsessão, o que era, eu não sei… mas ele tirava fotos minhas, por exemplo, lavando uma louça. Me filmava às vezes dormindo, eu estava aqui em casa com meus amigos e ele tirava fotos, fazia vídeos”, explicou Silvye o motivo do pedido de busca e apreensão.

 

“Um dos processos que eu abri contra o meu ex, ele é contra a dignidade sexual. E o quê que é isso? É quando a pessoa faz algum registro seu, da sua intimidade sem a sua autorização, sem o seu consentimento”.

 

“Num momento muito particular meu, eu praticamente sem roupa, esse ser me filmou e eu não vi, enfim… Quando nós terminamos, ele me mandou esse vídeo no WhatsApp e escreveu para eu guardar de lembrança. Eu fiquei em choque. No primeiro momento dá aquele pânico, você fica desesperada?”.

 

Silvye também contou que chegou a ser ameaçada pelo ex-namorado e por isso temia que esses vídeos e fotos viessem a tona. E que agora espera pela sensibilidade do desembargador que vai avaliar o recurso para que o pedido seja aceito.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Destaque.

Comente: