Após vender peixe na praia, modelo baiana de 16 anos assina contrato com agência nacional

O verdadeiro nome do sucesso é dedicação e a baiana Monique Lemos, de 16 anos, sabe bem o que é isso. Desde pequena que Munik, como gosta de ser chamada, se esforça. Aos 13 anos, ela vendia peixe frito nas praias de Salvador, para ajudar no sustento da casa. Hoje, a jovem estuda inglês e se prepara para trabalhar como modelo após o período de pandemia do novo coronavírus.

Monique foi descoberta como modelo no Afro Fashion Day, evento realizado pelo jornal Correio, aos 13 anos. “Fiz uma prova do Afro Fashion Day de bairro. Eu era uma menina muito nova, minha mãe me inscreveu. Passei pela primeira, segunda e terceira etapas. Lá eu conheci o Vivaldo, que me deu diversas oportunidades. E foi de lá para cima”, conta. Com essa oportunidade nas mãos, a adolescente resolveu investir sua carreira nas passarelas e hoje faz parte da agência Way Model.

Monique conta, também, que participou do clipe ‘Me Gusta’, da cantora Anitta. “Como o clipe foi aqui em Salvador, participei do casting que fizeram e me botaram no clipe. Foi maravilhoso, conheci pessoas incríveis, profissionais, conheci Léo Kret, Anitta, desfilei lá”, relata.

Determinada a seguir a carreira de modelo, Monique deixou o bairro de Periperi, na capital baiana, para viver a nova experiência em São Paulo, onde vai se mudar definitivamente após a pandemia da covid-19. “Estou estudando inglês, fazendo curso para quando voltar para São Paulo estar com inglês fluente,” conta.

Ela conta que recebe o apoio dos pais. “Estou treinando também, questão de corpo, essas coisas. A minha família encarou me ajudando muito. Levei uma parte do dinheiro vendendo na praia para São Paulo, quando fui. Meu pai me ajudou, deu a metade do salário dele, de R$ 500, para viajar”, afirma.

E completou que se esforçará para, no futuro, poder dar aos pais uma vida melhor. “Ainda não estou rica para dar uma casa, mas minha meta é essa: dar uma mansão para meu pai, minha mãe, dar uma vida melhor para os dois. Essa é minha meta”, conclui.

Da Redação.

Categoria(s): Social.

Comente: