Após ser humilhado, Motoboy ganha moto nova e quase R$ 200 mil em vaquinha

O motoboy Matheus Pires Barbosa que foi vítima de racismo e humilhado por Mateus Abreu Almeida Prado Couto, no interior de São Paulo, recebeu ajuda e apoio nas redes sociais.

O jovem de 19 anos foi presenteado com uma moto nova e está com quase 2 milhões de seguidores na sua conta do Instagram.

Somado a isso, uma vaquinha virtual foi criada para ajudar o jovem a conquistar a casa própria e investir nos estudos. O valor já soma mais de R$ 150 mil.

O humorista Matheus Ceará foi o responsável por dá a motocicleta ao jovem. Ele disse que fez lembrar a época em que chegou em Campinas e vendia trufa de porta em porta e foi chamado de bandido por algumas pessoas.

Além disso, O site Razões para Acreditar criou uma vaquinha na sua plataforma, em menos de 24 horas, a meta de R$ 100 mil reais foi rapidamente alcançada. Na última segunda-feira (10), a arrecadação já estava em torno de R$ 160 mil.

De acordo com o iFood, no qual Matheus Pires Barbosa é entregador, anunciou que o usuário Mateus Couto foi descadastrado da plataforma de entregas. No Twitter, a empresa afirmou que se condena “qualquer forma de preconceito e discriminação” e se solidariza com o entregador.

Por fim, no condomínio em que o agressor vive foi instalado uma faixa em repúdio ao morador que realizou a discriminação. Um grupo de aproximadamente 100 motoboys também fez um buzinaço pacífico em frente ao condomínio do agressor.

Categoria(s): Social.

Comente: