Após recusar relação, homem é preso por matar colega e colocar “membro” dele dentro de panela

Um crime brutal chocou a todos nessa quinta-feira (09). Isso porque um homem de 48 anos decepou o órgão genital de um outro rapaz, matou e arrastou até uma praia em Itanhaém, no litoral de São Paulo. O crime aconteceu em 28 de agosto e somente agora ele foi preso.

A vítima era um homem de 56 anos. Além do orgão decepado, o corpo tinha a marca de uma facada entre o tórax e o pescoço. Segundo a polícia, o crime aconteceu em uma pousada.

No quarto dessa pousada, foram encontradas manchas de sangue o orgão genital da vítima dentro de uma panela. O suspeito foi preso na última quarta-feira.

À polícia, ele contou que teve uma desavença com a vítima. Os dois estavam fazendo o uso de cocaína e quando a vítima tentou o forçar a ter relações, ele golpeou e matou o homem. Como ele não conseguiu limpar a cena do crime, arrastou o corpo da vítima até a praia e fugiu em seguida.

O suspeito já tinha passagem pela polícia, dentre furto, roubo, receptação, ameaça e lesão corporal.

Foto: Arquivo/Ilustração G1

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Destaque.

Comente: