Após protestos de servidores, deputados derrubam sessão que votaria urgência de reajuste

 

Os deputados estaduais baianos derrubaram, na tarde desta terça-feira (30), a sessão que votaria o requerimento de urgência-urgentíssima para a tramitação do projeto de lei enviado pelo Executivo, que pretende reajustar o salário dos servidores estaduais em 2,5% retroativo a janeiro. Representantes de diversas categorias lotaram as dependências da Assembleia Legislativa para protestar contra o aumento, inferior à metade da inflação do ano passado, de 5,84%. Diante da tensão com a insatisfação do funcionalismo, o líder do governo Zé Neto (PT) comunicou ter recebido “a sinalização” de que a apreciação da proposta salarial só acontecerá após um encontro entre as direções sindicais e o governador Jaques Wagner, nesta quarta (1º), na Governadoria, em horário ainda a ser confirmado. “Tivemos uma reunião com as lideranças [dos sindicatos], que solicitaram a suspensão da votação hoje e uma reunião com o governador, e nós admitimos que esse seja um caminho para esclarecer mais a situação e abrir o diálogo de forma mais consistente”, pontuou o petista, em entrevista ao Bahia Notícias.

Fonte: Aplb Sidicato.

Categoria(s): Regional.

Comente: