Após perder a mãe de forma repentina atriz relata visita da natureza: “Comecei a dizer que senti sua presença”

A atriz Giselle Prattes usou as redes sociais na tarde de ontem para relatar a morte da própria mãe. A causa da morte não foi divulgada, porém, ela fez questão de frisar que foi algo inesperado. Entretanto, a atriz também trouxe a tona um fato que viveu após o ocorrido

“É devastador. Ficamos mais próximas, nos perdoamos daquelas coisas que a relação de mãe e filha tem… e estávamos em um ano de paz, eu sentia isso, e ao mesmo tempo, eu me conformava com a sua teimosia que, no fundo, eu tanto admirava[…] Uma mulher honesta, trabalhadora incansável e cheia de valor.”

“Mãe, seu legado é gigante e eu me dou conta disso não só pelas pessoas que se mobilizaram com a sua partida, mas também pelo tamanho da dor e da saudade que eu já sinto. Isso é o sinal do amor infinito que eu carrego por você. Obrigada por enviar este bem-te-vi para nossa casa no momento que voltamos do velório, e que eu comecei a dizer que senti sua presença!”

A estrela ganhou destaque ao trabalhar com a Xuxa, e realizou trabalhos recentemente nas novelas Babilônia (2015), Rock Story (2016) e Verão 90 (2019).A seguir, o texto que a atirz postou nas redes sociais:

“No dia mais triste da minha vida, o dia do velório inesperado da minha mãe…Meu Deus mãezinha, esse ano parecia que nós estávamos nos preparando para este momento. No meio de tantas decepções e dores por expectativas que eu criei e sofri (você sempre me alertava sobre as pessoas, sobre as amizades e associações!) Agora estou só.. quem fará e cumprirá este papel e muitos outros? É devastador.. nos aproximamos muito mais, nos perdoamos daquelas coisas que a relação de mãe e filha tem… e estávamos em um ano de paz, eu sentia isso, e ao mesmo tempo, eu me conformava com a sua teimosia que no fundo, eu tanto admirava. Você que era diferente! Saiu do meio do mato e conheceu uma escova de dente c 11 anos, a única filha de 12 irmãos que estudou, que foi para as ruas fazer revolução e fez! Que nunca se conformou, que sempre foi meio hippie, questionadora, de esquerda radical né mamãe? Uma mulher que hoje, as mulheres tentam ser… você já era! Vc nunca esteve nem aí para os padrões do patriarcado…vc que valorizava a arte e trabalhou de forma incansável para construir a carreira de tantos, c tanta dignidade. Vc não sabe o tamanho do orgulho que eu tenho de carregar seu sobrenome! A mulher honesta, trabalhadora incansável e cheia de valor. E como avó? Meu Deus…que avó! Mãe, seu legado é gigante e eu me dou conta disso não só pelas pessoas que se mobilizaram com a sua partida mas também pelo tamanho da dor e da saudade que eu já sinto. Isso é o sinal do amor infinito que eu carrego por vc. Obrigada por enviar este Bem te vi para nossa casa no momento que voltamos do velório, e que eu comecei a dizer que senti sua presença! Até neste momento vc se faz presente de forma linda e é óbvio que seria através de um pássaro livre e cantante. Eu te amo infinito! Essa foi a nossa última mensagem… e assim será para sempre! Até breve mamãe. Obrigada por tanto, pela vida, pelo legado e por tudo.Foto tirada ontem no final do dia mais triste da minha vida pela minha nora. Agradeço a todos que estiveram presentes no velório, como a gente valoriza o abraço sincero nesta hora!”.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.

Comente: