Após mais de meio século de novelas, Globo dispensa Tarcísio Meira e Glória Menezes

Tarcísio Meira, de 84 anos, e Glória Menezes, de 85 anos, não são mais funcionários da Rede Globo. Depois de 53 anos trabalhando na emissora, cuja trajetória se confunde com a própria história da televisão no país.

Nesse sentido, a demissão faz parte do novo modelo de nova gestão implantado pela emissora, que desfez contratos com nomes como Renato Aragão, 85, Vera Fischer, 68, Zé de Abreu, 74, Miguel Falabella, 63, e Zeca Camargo, 57.

Além disso, o casal inicíou a trajétoria em 1967, na novela “Sangue e areia”, desde então fizeram parte de diversas produções na Rede Globo.

“Com isso, temos evoluído nos nossos modelos de gestão, de criação, de produção e de desenvolvimento de negócios. Em sintonia com as transformações do mercado, a Globo vem adotando novas dinâmicas com seus talentos”, disse em  nota o canal.

Tarcísio e Glória foram figuras frequentes em novelas, minisséries e especiais da Globo.

Em 1988, estrelaram e produziram o seriado “Tarcísio e Glória”, que abordava a relação entre um empresário corrupto (Tarcísio) e uma extraterrestre (Glória). Atuaram juntos ainda em produções como “Irmãos Coragem” (1970), “O Homem que Deve Morrer” (1971), “Espelho Mágico” (1977), “Torre de Babel” (1998) e “A Favorita” (2008).

Glória completa 86 anos em outubro e está no ar com a reprise da novela “Totalmente Demais”, de 2015. Tarcísio Meira  interpretou o último papel na Globo em “Orgulho e Paixão”, há dois anos, com o personagem Lorde Williamson. Ele teve infecção pulmonar na época e deixou as gravações quatro meses antes do previsto.

Categoria(s): Nacional.

Comente: