Após matar esposa grávida durante momento íntimo, homem tenta forjar carta de despedida: “Decidimos partir juntos”

Um casou deixou a população revoltada nesta sexta-feira (11). Isso porque, após matar a namorada durante um momento íntimo, um homem tentou amenizar a situação e forjar outra realidade. Mas afinal, o que aconteceu?

Marcelo Augusto de Sousa Araújo é acusado de matar a esposa grávida, a maquiadora Francine Rigo dos Santos, de 21 anos. Se aproveitando do momento em que os dois estavam tendo relações, Marcelo agiu covardemente e cortou Francine com uma lâmina. Um dos cortes teve quase 20 cm e o outro chegou a 6. Além disso, a jovem também teve um punho quebrado. Em consequência dos ferimentos, ela ficou inconsciente, teve hipotermia e uma parada cardiorrespiratória, não resistindo. Contudo, o acusado tentou driblar as autoridades e forjou até uma carta de despedida do casal.

De acordo com a carta forjada, ele escreveu que os dois estavam cansados da interferência das famílias do casal e que estavam tristes por eles não aceitarem bem o casamento. Então, por conta disso eles teriam escolhido “partir juntos” e colocou a culpa sobre a família: “Decidimos partir juntos. Queríamos a família junta nos apoiando, mas é um inferno tanto dos dois lados. Que vocês sintam o peso do que nos fizeram passar.” Mas isso não funcionou e as autoridades descobriram toda a verdade, prendendo Marcelo.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Nacional.

Comente: