Após matar e “consumir” partes de colegas, homem é condenado à prisão perpétua: “Ouviu vozes mandando”

Uma notícia chocante chamou a atenção nesta quarta (21). Trata-se do caso onde um homem recebeu a sentença de prisão perpétua por matar e comer partes do corpo de três colegas de trabalho.

Após assassinar três homens, um homem, de 51 anos, foi condenado à prisão perpétua na Rússia. Eduard Seleznev teria ainda comido os restos mortais das vítimas de 59,43 e 34 anos.

Segundo informações do Daily Mail, o condenado teria ouvido vozes na cabeça pedindo para que ele matasse os colegas durante um momento em que todos bebiam juntos. Após todos irem dormir, ele cometeu os homicídios e selecionou partes do corpo para comer dispensando o restante.

Os Casos aconteceram entre março de 2016 e 2017. Ele chegou a se mudar para a casa de uma das vítimas, com a justificativa de que ela teria viajado. A polícia investigou os casos e encontrou sacos com cadáveres que não puderam ser identificados por causa do estágio avançado de decomposição. A lei russa não prevê punição para o ato de canibalismo, sendo assim a sentença foi exclusiva pelos crimes de assassinato e uso indevido de partes do corpo humano.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Internacional.

Comente: