Após lutar pela vida, morre jovem motorista de aplicativo que foi queimado durante assalto

Uma história chocou a população neste sábado (5). Enquanto estava trabalhando, um motorista de aplicativo acabou roubado, agredido e queimado. Mas afinal, o que aconteceu?

Tudo começou quando o jovem José Hilker saiu para mais um dia de trabalho. Ele atuava como motorista de aplicativo na cidade de Caucaia, região metropolitana de Fortaleza, no Ceará. Então, ao atender uma corrida, ele foi chamado até um local onde encontrou uma mulher. Contudo, ela serviu apenas como isca e logo apareceram três suspeitos, que abordaram José e entraram no carro.

Em seguida, José continuou dirigindo por algum tempo enquanto o grupo revistava o carro a procura de objetos de valor. Nessa hora eles encontraram uma foto de José fardado e isso chamou a atenção. Eles pensaram que se tratava de um policial e decidiram fazer uma grande crueldade com o motorista. Os suspeitos usaram um objeto cortante para ferir José e depois disso jogaram gasolina nele, atearam fogo e fugiram com o carro.

Então, José recebeu socorro de moradores próximo, que chamaram a assistência médica. Contudo, após passar 14 dias internado lutando pela vida, ele faleceu na madrugada de hoje. Até o momento, a polícia já capturou 4 suspeitos: a mulher que serviu de isca, de 18 anos e os acusados de agredir e atear fogo em José, três menores de idade.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Comente: