Após estupro, homem obriga vítima andar de mãos dadas com ele

Um homem suspeito de cometer estupro contra duas vítimas foi preso pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), segundo informações da 13ª DP de Sobradinho (DF). O suspeito confessou o crime e disse estar “arrependido” dos atos.

Os crimes ocorreram em dias distintos, mas as abordagens ocorreram no mesmo local. O criminoso colocava a mão no bolso e simulava estar armado. Logo em seguida levava as vítimas até um matagal e obrigava a ter relação não consentidas.

No final do ato o criminoso obrigava as mulheres andar de mãos dadas a fim de não chamar atençao de quem passava por perto. Se condenado pelo crime, ele pode pegar de 16 a 30 anos de prisão.

Categoria(s): Nacional.

Comente: