Após diagnóstico, Dilma Roussef passa por procedimento cirúrgico e deve continuar internada pelo menos até a próxima quinta-feira

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) precisou passar por um cateterismo nesta quarta-feira (01). De acordo com a assessoria de Dilma, ela está internada no Hospital Sírio- Libanês, em São Paulo e passa bem. Está no quarto e já deve ter alta amanhã (02).

Na última segunda-feira (30), a ex-presidente chegou a São Paulo para a realização do procedimento. Essa intervenção cirúrgica foi necessária pois há três meses a petista teve um mal-estar e precisou ser internada e passar por exames. Na época, ela ficou no hospital de Porto Alegre, onde mora por apenas um dia.

A assessoria de imprensa de Dilma foi procurada pela TV Globo. À emissora, foi informado que a petista tem um problema no septo interatrial, chamado forame oval patente, que na verdade é um pequeno buraco na membrana que separa os dois átrios. Esse buraquinho deveria ser fechado depois do nascimento, mas em algumas pessoas isso não acontece.

Por conta disso, o procedimento de cateterismo foi necessário na ex-presidente, e também para que a pequena abertura fosse fechada.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque.

Comente: