Após denúncia de outra ex-namorada, Nego do Borel é indiciado por crime de lesão corporal

Uma notícia volta à tona nas manchetes desta quarta-feira (21). A recente notícia de que o cantor Nego do Borel foi indiciado pelo crime de lesão corporal contra uma ex-namorada, a assessora Swellen Sauer, tem gerado muitos comentários, principalmente em razão do momento em que muitos caso de violência doméstica tem surgido.

Investigações feitas pela Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM), de Jacarepaguá, apontam que Swellen foi agredida diversas vezes por Nego do Borel, assim também como a outra ex-namorada, a triz Duda Reis.

A delegada Giselle do Espírito Santo, titular da DEAM, disse em entrevista ao Jornal Extra, que o cantor começou a ser investigado após denúncias feitas por Duda Reis que acusou Nego do Borel de agressões físicas.

A atriz Duda Reis acusou Nego do Borel de agressões físicas, estupro de vulnerável, ameaça, injúria, lesão corporal e relatou que teria contraído HPV em razão das traições recorrentes do artista.

Swellen Sauer usou as redes sociais para denunciar o cantor, que segundo ela teria lhe dado um soco na costela, em uma boate, na época em que namoravam, e tentou lhe enforcar com um carregador de celular.

Me sentia dependente daquela relação por muitos motivos. Eu amava a família dele, meus pais moravam em outra cidade e eu me sentia acolhida no lar dele. Subia o morro feliz! Passei por tudo o que todas passaram, mas sem o glamour que elas usufruíram”, disse Swellen por meio das redes sociais.

O cantor Nego do Borel se manifestou e negou as acusações das ex-namoradas e disse que abomina violência de homens contra as mulheres.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.

Comente: