Após Bolsonaro trocar 6 ministros, Ciro Gomes dispara: “Está mais perto de um impeachment do que de uma quartelada”

Uma opinião está gerando discussões nesta terça-feira (30). Dessa vez, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) se pronunciou sobre a estratégia do presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido).

O presidente Jair Bolsonaro chamou a atenção com as intensas e repentinas mudanças feitas nessa segunda-feira. Isso porque ele trocou 6 ministros, incluindo Justiça, Defesa e Itamaraty. As mudanças estão sendo vistas como se Bolsonaro estivesse cedendo às pressões do Congresso e do centrão. Contudo, alguns dos nomes escolhidos são muito fiéis ao presidente e geralmente acatam as decisões dele sem pestanejar, o que pode garantir mais proteção e fazer Bolsonaro “mandar e desmandar”. Então, diante disso Ciro Gomes afirmou:

“Bolsonaro está mais perto de um impeachment do que de arrastar as Forças Armadas para uma quartelada ao modo boçal bolsonarista de ser[…]um fascista de quinta categoria, iletrado, incompetente e despreparado. Assim, enquanto enfraquece a olhos vistos, é humilhado pelos seus sócios da politicagem mais antiga do Brasil, tenta uma saída de cachorro hidrófobo posto em um canto de parede.” Mas não termina aí.

Ciro concluiu falando sobre a demissão do ministro da Defesa e intensificou as críticas:

“Demite, sem cortesia ou mínimo respeito, o general que colocou no Ministério da Defesa, porque este não endossou sua escalada terrorista contra o povo brasileiro, suas federações, suas instituições, sua Constituição […] de assumir e demonstrar um poder violento que, a seu comando, viesse em socorro de seu governo falido, genocida e corrupto.”

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional, Politica.

Comente: