Após autorização da Justiça, Suzane Von Richthofen inicia faculdade com uso de tornozeleira eletrônica

Mesmo condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais, Suzane Von Richthofen, conseguiu uma autorização para cursar a faculdade de biomedicina em uma universidade de Taubaté, São Paulo.

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), Suzane usará uma tornozeleira eletrônica e sua ida até a faculdade dará por meios particulares. Hoje (29), seu primeiro dia de aula, ela foi à faculdade em um carro de aplicativo na companhia da advogada. A SAP também afirma que “as medidas de prevenção ao contágio de Covid-19 serão tomadas na Penitenciária Feminina I Santa Maria Eufrásia Pelletier de Tremembé, onde ela cumpre pena”.

Suzane conseguiu adentrar ao curso por meio do Enem, quando conseguiu atingir a nota. A faculdade na qual ela estuda é a Anhanguera. Na época da autorização da Justiça, o portal G1 procurou a instituição e afirmou que “trata diretamente com seus alunos, caso necessário, eventuais ações a respeito de sua frequência e desempenho escolar, pois trata-se de assunto de cunho particular. A instituição ressalta que a matrícula da aluna foi autorizada pela Justiça e esclarece que oferece a todos tratamento igual, conforme determina a legislação brasileira”.

Atualmente ela cumpre regime semi aberto.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

 

Categoria(s): Destaque.

Comente: