Após aplicar “vacina de vento” em idoso, técnica de enfermagem é indiciada por crimes

Uma noticia continua chamando a atenção do povo nesta sexta-feira (19). Após fingir aplicar a dose da vacina em um idoso, a técnica de enfermagem Rozemary Gomes Pita, de 42 anos, foi demitida e indiciado por crime de peculato. O caso aconteceu em Niterói, Região Metropolitana.

Em depoimento, a técnica justificou o ato dizendo que estava “extremamente cansada e estressada”. O delegado responsável Luiz Henrique Marques Pereira, em entrevista, relatou o depoimento de Rosemary:

“Ela disse que não sabia explicar por que fez aquilo, que em 10 anos de profissão ela nunca tinha cometido tal deslize e não conseguiu explicar as razões de não ter aplicado o êmbolo. Inicialmente, ela alegou que estava estressada e extremamente cansada. Mas é muito difícil explicar o inexplicável”

A fraude feita por Rozemary foi descoberta graças a um vídeo em que a família do idoso fez para comemorar a imunização, durante um drive-thru no bairro do Gragoatá. Os familiares só perceberam o erro quando assistiram novamente as imagens em casa. Para o delegado, a filmagem foi essencial para comprovação do caso.

“Fica claro que ela não aperta o êmbolo, fica claro que ela não estava estressada. E mais, quando questionada se apertou a seringa de forma correta, ela responde de forma irônica. O que demonstra que ela tinha plena consciência do que estava fazendo”.

Após a situação, o idoso foi procurado pelas autoridades e recebeu a dose.

Rosemary responderá por crime de peculato na modalidade de desvio e pelo crime contra a saúde pública. Crime de peculato pode levar até 12 anos de prisão.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: