Após 5 dias desaparecido, rapaz que trabalhava em Ministério é encontrado sem vida em lago

Um caso repercutiu muito nesta sexta-feira (2). Aos 34 anos, um jovem funcionário público que estava desaparecido há 5 dias foi encontrado sem vida.

Maurício Teixeira de Sousa, que vivia no Distrito Federal, havia desaparecido na última segunda-feira (28). Ele trabalhava no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Antes de sair pela última vez de casa, o rapaz teria deixado um áudio de despedida para a mãe. De acordo com o Metrópoles, Maurício teria dito o seguinte:

Mãe, estou com sequela de Covid. Minha cabeça tá demente, estou com fraqueza no corpo, não comi porra nenhuma. Então, minha vida acabou. Depois, a senhora olha a carta que eu deixei. Obrigado, mãe. Valeu”

Então, após informações de que o rapaz teria sido visto próximo a uma lanchonete da Ponte JK, na terça-feira (20), os policiais encontraram o carro dele e alguns pertences como celular e carteira. As buscas continuaram até que ele foi localizado sem vida pelos Bombeiros e pela Polícia Civil no Lago Paranoá. Ainda segundo o portal, a mãe dele comentou sobre como o filho estava se comportando antes do episódio:

“”Ele estava sentindo muita fraqueza, falava que a cabeça estava bagunçada e não conseguia organizar os pensamentos. Ele estava com medo, ficava dizendo que ia ter sequelas para o resto da vida e entrou em colapso, deixando carta de despedida e tudo.”

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Comente: