Aos 27 anos, modelo descobre que é filha biológica do homem que sempre chamou de padrasto

Uma reviravolta aconteceu na vida na modelo Diana Geniath, de 27 anos. Isso porque ela descobriu que na verdade é filha biológica de quem a vida toda acreditou ser seu padrasto.

Tudo começou com o casamento conturbado da mãe de Diana com o homem que ela achava ser seu pai biológico, numa relação com várias brigas e idas e vindas. Em uma das separações, a mãe de Diana, que vivia numa área rural, se envolveu com um motorista que conheceu nas proximidades.

Como foi um caso passageiro, a mulher e o “pai” de Diana retomaram o casamento depois. Contudo, as brigas continuaram e eles terminaram de vez. A mãe de Diana estava grávida dela e acreditava ser do até então marido.

Separada, ela reencontrou o motorista e passaram a ter um relacionamento, que aceitou cuidar de Diana.

Vinte e sete anos depois, Diana teve um sonho e nele uma mulher lhe contava a verdade. “Uma mulher me contava que eu não era filha do meu pai, e sim de uma experiência alienígena”, conta ela rindo.

Ao contar para a mãe e o até então padrasto, a mãe riu e o padrasto indagou: “e se o alienígena for eu?”. Com a dúvida na mente, ela fez o exame de DNA, que deu 99,9% compatível geneticamente com o homem que a vida toda ela chamou de padrasto.

A descoberta não foi simples. Diana relembra que depois do nascimento da irmã, filha biológica do seu “padrasto”, ela passou a ter infância e adolescência diferentes da irmã: escolas diferentes, viagens que ela não teve e assim por diante.

E para piorar, ela também não tinha uma boa relação com quem considerava seu pai biológico. Com a descoberta, foi difícil chegar na aceitação. “Senti muita raiva, nem pela questão material apenas, mas por não ter me sentido pertencida a vida inteira. Senti muita tristeza”, desabafou.

Mesmo com a confusão, ela entendeu a mãe. Para Diana, por faltar educação sexual na época da mãe fez ela acreditar que não poderia engravidar de outra pessoa que não fosse o marido.

Diana afirma que a relação entre todos agora é ótima e que se sente mais leve com a descoberta.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Destaque.

Comente: