Aos 107, idosa vence infartos, câncer, Covid e quer tomar cerveja

Dona Maria Sirina da Silva após dois infartos e um câncer, agora ela venceu a Covid-19 e quer comemorar tomando cerveja.

Com bom humor, a idosa de 107 anos, moradora de Marumbi, no Paraná, revelou em vídeo que está ansiosa pra tomar o primeiro gole!

“Foi difícil passar pelo corona. Vamos beber, se Deus quiser, umas duas cervejas”, disse Dona Maria Sirina num vídeo gravado por uma das netas.

“Ela é uma mulher muito forte, guerreira, não se abate facilmente não viu. Disse que não vai morrer porque tem que cuidar dos filhos [risos]. Acredita que ela nem teve sintomas? Se curou em casa. É uma coisa muito emocionante”, disse a neta Marilsa Aparecida dos Santos, de 50 anos, ao GMC.

“Hoje a gente se ajuntou e nós choramos junto com ela. Ela é uma pessoa muito querida e muito forte. Tem uma fé muito grande”, afirmou a neta.

Maria e outros sete familiares foram contaminados pelo novo coronavírus e todos se recuperaram. A preocupação da família era com a centenária que, por conta da idade e do tratamento que faz há 6 anos contra o câncer na virilha.

Há um ano e meio, sofreu dois infartos em um período de 15 dias. Mas Maria enfrentou tudo com força, coragem e saúde.

E de acordo com a neta Marilsa, a centenária não precisou nem ir para o hospital. Maria Sirina da Silva tem 4 filhos, 11 netos, 4 bisnetos e 4 tataranetos.

 

Categoria(s): Social.

Comente: