Ao ser questionado, Rui Costa dispara: “Não quero ser responsável pela morte de alunos e professores”

Nesta quarta-feira, dia 23, o governador Rui Costa fez claras declarações. Questionado quanto ao retorno das aulas, Rui afirmou que não quer ser responsável pelas mortes dos alunos e nem dos professores.

Aos poucos, alguns líderes do executivo começaram a anunciar projeções para o retorno das aulas. Contudo, Rui se posicionou de maneira enfática quanto a isso. Quando questionado, o governador da Bahia demonstrou preocupação com o que uma retomada precoce pode gerar: “Não quero ser responsável pela morte de alunos e professores. Quem dá segurança que um jovem não vai morrer? Só vamos analisar retorno às aulas, seja particular, seja pública, com redução de mortes”.

Além disso, ele também falou sobre as testagens e os protocolos de segurança. Mas, logo em seguida, reforçou que isso não significa um anúncio de retorno: “Vou propor hoje ao secretário que a gente leve para Cajazeiras. Vamos continuar fazendo pra gente disponibilizar para alunos, professores, fazer o teste se alguém tem sintoma… Pra gente poder continuar tendo mapeamento de como está a situação do público escolar, mas isso não significa que a gente tenha no horizonte o retorno às aulas.”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: