Ao ser preso, Paulo Cupertino afirma ser inocente: “A minha filha me condena”

Após ser preso depois de quase três anos sendo procurado, o réu Paulo Cupertino Matias, preso na última segunda-feira (16), afirmou ser inocente e que é condenado pela filha.

Paulo Cupertino é acusado de matar o ator Rafael Miguel e os pais dele por não aceitar o relacionamento da filha com o ator. Na sua chegada ao prédio do Departamento de Homicídios de São Paulo (DHPP), Cupertino afirmou que era inocente. “Eu sou inocente. A minha filha me condena, mas vamos esperar a Justiça para saber a verdade. Olha minha filha ontem e olha hoje”, disse o réu.

O delegado responsável, Osvaldo Nico Gonçalves, afirmou que Paulo Cupertino alegou que a filha ” tá muito mais feliz agora do que no tempo que ela namorava com o rapaz”.

“Ele falou pra mim da filha. Ele falou que a filha tá muito mais feliz agora do que no tempo que ela namorava com o rapaz. Ele falou pra mim isso, agora precisa ver com a filha dele. Ele chegou a falar pra mim que está com a consciência tranquila porque a filha tava muito mais feliz agora do que antes”, declarou Nico.

Com a prisão do pai, Isabela Tibcherani, de 21 anos, se manifestou nas redes sociais. “Fui informada do ocorrido. Não consigo falar muito [a] respeito agora, mas quero agradecer todas as mensagens e todo o apoio. É uma mistura muito grande de sentimentos e agora preciso de espaço. Grata. Isabela”.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Destaque.

Comente: