Search
Close this search box.

Ao lado de Lula, Jerônimo marca presença no cortejo do 2 de julho e articula investimentos de R$ 6 Bilhões para a Bahia

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, acompanhado do governador Jerônimo Rodrigues, participou do desfile cívico do 2 de Julho na Bahia. Este encontro não foi apenas uma celebração histórica, mas também o encerramento de uma série de compromissos oficiais do presidente no estado, que resultaram em anúncios de investimentos que ultrapassam R$ 6 bilhões.

Antes das comemorações, Lula visitou Feira de Santana e Salvador, onde, junto com diversos ministros, entregou obras e revelou os planos de investimento. As áreas beneficiadas por esses recursos incluem habitação, saúde, educação (tanto básica quanto superior), preservação do patrimônio cultural e infraestrutura rodoviária.

Ao lado de Lula, o governador Jerônimo Rodrigues ressaltou a importância da colaboração entre o Governo do Estado e o Governo Federal. “Nós ficamos seis anos andando para trás, vendo as políticas públicas serem destruídas. Agora, com Lula, esses investimentos chegam em um momento crucial para o nosso estado. Estamos unidos com o Governo Federal para fazer da Bahia um lugar melhor para se viver, com mais oportunidades e inclusão social”, afirmou Jerônimo durante os eventos.

O presidente Lula também destacou o compromisso com o bem-estar dos baianos em seus discursos: “Nós plantamos desde janeiro, aramos a terra, colocamos adubo, colocamos a semente e agora nós vamos viajar pelo Brasil para anunciar as coisas que a gente vai fazer. E nós queremos deixar a Bahia mais impecável, com melhor qualidade de vida”.

Os investimentos beneficiam não apenas a capital e Feira de Santana, mas também diversos municípios do interior da Bahia. Entre as obras previstas estão três novas policlínicas para Camaçari, Remanso e Itapetinga. O programa Minha Casa Minha Vida trará novas moradias para Camaçari, Campo Formoso, Dias d’Ávila, Feira de Santana, Ipirá, Morro do Chapéu, Paulo Afonso, Salvador, Simões Filho, Tucano e Vitória da Conquista.

Da redação do Acontece na Bahia

Crédito: Mateus Pereira/GOVBA