Antes da morte de Amanda, família já havia perdido 2 irmãos dela há cerca de 10 anos: “Dentro de casa”

A história do caso Amanda Albach ganhou novas informações neste sábado (4). Além dela, a família já havia perdido dois outros filhos.

Aos 21 anos, Amanda foi encontrada sem vida na última sexta-feira, numa praia em Imbitua, Santa Catarina. Antes de perder a vida, a moça ainda foi obrigada a cavar a própria cova (Leia Mais). De acordo com o portal Uol, a família está revivendo um sentimento muito difícil, pois já haviam perdido outros dois jovens irmãos de Amanda. Mas afinal, o que aconteceu?

Os irmãos Francieli Albach e Gulherme Albach, na época com 23 e 11 anos, respectivamente, morreram em 2010. Francieli teria algum nível de envolvimento com o tráfico de drogas e foi morta no sofá de casa. O irmão mais novo teria acordado com o barulho e também acabou executado. Ainda segundo o portal, a morte dos irmãos de Amanda foi um possível “acerto de contas”, mas não se tem grandes detalhes sobre a investigação.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Destaque.

Comente: