Ana Maria Braga revela ter quebrado o braço após fugir de assédio sexual de diretor

Em entrevista ao Roda Viva, na TV Cultura, a apresentadora Ana Maria Braga revelou ter sofrido assédio sexual de um diretor de TV.
Sem citar o nome do assediador, a empresa ou o ano em que o abuso ocorreu, a artista contou que chegou a quebrar o braço ao fugir da sala do homem.
“Saí com tanto ímpeto, que tinha uma escada. Despenquei da escada do nono andar até o oitavo, que era o departamento comercial. Alguém me socorreu e me acudiu. Eu quebrei o braço.”
A apresentadora do Mais Você desabafou que a pessoa nunca foi punida apesar de ela ter denunciado o caso ao seu superior à época.

A apresentadora contou que os dois ficaram sozinhos na sala do profissional e ela se viu em uma situação assustadora. “Quando levei [o projeto], ficou na mesa dele. Ele me olhou, levantou da mesa e veio para cima de mim. Fiquei absolutamente estupefata. Ele falou: ‘Olha, venha cá’”, detalhou.

Depois do grave ocorrido, Ana Maria Braga disse que fugiu da sala dele. “Saí com tanto ímpeto, que tinha uma escada. Despenquei da escada do nono andar até o oitavo, que era o departamento comercial. Alguém me socorreu e me acudiu. Eu quebrei o braço.”

Denúncia sem efeito
Por conta do acidente que sofreu e do abuso, Ana Maria decidiu denunciar o diretor. “Eram os Diários Associados na época. Eu fui e marquei uma reunião lá na rua Sete de Abril para falar daquele indivíduo para o chefe geral da nação que eu trabalhava”, esclareceu.

A apresentadora do Mais Você, da Globo, relembrou que anos depois, quando dirigia o setor comercial das revistas femininas da Editora Abril, reencontrou o assediador em um restaurante, por acaso, mas que ele apenas olhou para ela, abaixou a cabeça e foi embora.

Vera Magalhães, apresentadora do Roda Viva, na TV Cultura, questionou se ela gostaria de dar nome do profissional e do veículo em que trabalhava na época, mas Ana Maria Braga preferiu não comentar.

.

Categoria(s): Social.

Comente: