Além de ser cantor, Agnaldo Timóteo também chegou a ser eleito deputado federal e vereador

Uma notícia triste repercutiu nas manchetes de todos os jornais neste final de semana. A morte do cantor Agnaldo Timóteo, 84 anos, no último sábado, foi um marco na história do país principalmente em razão do artista ter sido um ícone da música brasileira e por ter ocupado lugar de destaque também na carreira política. O artista exerceu mandato de deputado federal, pelo Rio de Janeiro, e de vereador por São Paulo. 

Agnaldo Timóteo foi eleito deputado federal pelo Rio de Janeiro filiado ao Partido Democrático Trabalhista (PDT), dando início a sua trajetória política em 1982.O cantor iniciou os trabalhos na Câmara dos Deputados em 1983 com a famosa frase ” Alô mamãe”, quando na ocasião simulou uma ligação para sua residência. 

O cantor se candidata ao governo do Rio de Janeiro em 1990 pelo Partido Democrático Social (PDS), perdendo a eleição para Leonel Brizola (PDT). De 1995 a 1996 o cantor assumiu na suplência de Amaral Neto pelo Partido Progressista Reformador (PPR). Em 1997, pelo Partido Progressista Brasileiro (PPB), se tornou deputado estadual pelo Rio de Janeiro. Agnaldo Timóteo não conseguiu se reeleger no ano 2000. 

Em 2004, o cantor foi eleito vereador em São Paulo se filiando ao Partido Progressista (PP), e conseguindo a reeleição em 2008. Candidato mais uma vez em 2012 não obteve sucesso por insuficiência de votos. 

Da Redação do Acontece na Bahia 

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: