Advogada trabalhista é morta a tiros em Camaçari

A advogada Cristiana de Queiroz Andrade, 45 anos, foi vítima de um homicídio a tiros na noite da última sexta-feira (22), na Estrada da Malícia, em Vila de Abrantes, Camaçari.

Conforme as investigações conduzidas pela 26ª Delegacia Territorial de Vila de Abrantes, dois homens em uma motocicleta aproximaram-se da vítima e efetuaram disparos com uma arma de fogo. A 59ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) foi acionada, e os policiais encontraram a advogada já sem vida.

Cristiana, formada em Direito pela Faculdade Maurício de Nassau em 2012, especializou-se em direito do trabalho e previdenciário. Atuava como assessora jurídica para empresas e analista em advocacia extrajudicial. A OAB Subseção Lauro de Freitas lamentou a perda em uma publicação nas redes sociais, expressando condolências à família:

“A OAB Subseção Lauro de Freitas informa e lamenta o falecimento da colega advogada, inscrita nesta Subseção, Dra. Cristiana de Queiroz Andrade, se solidarizando com toda sua família neste momento de consternação e dor, expressando nossos sentimentos e as mais sinceras condolências pela perda”.

O sepultamento ocorreu no Cemitério Municipal de Brotas. Amigos e familiares da advogada também manifestaram pesar pela trágica perda, destacando seu futuro promissor e enviando mensagens de conforto à família. Uma das mensagens ressaltava: “Ver a nota do falecimento de uma aluna que tinha um futuro brilhante pela frente não é fácil! Que Deus a acolha com muito amor, conforte o coração da família e que a justiça seja feita. Recebam a minha oração!”.

Da redação do Acontece na Bahia