Search
Close this search box.

Adolescente de 13 anos, com o sonho de se tornar delegada federal, conquista aprovação em três concursos públicos

A estudante Kathleen Huhâma de Assis Neves, jovem tocantinense de apenas 13 anos, está enchendo de orgulho sua família ao ser aprovada em três concursos públicos realizados no estado do Tocantins. Moradora de Porto Nacional, Kathleen conta com o apoio de seu pai, um professor dedicado, para organizar sua rotina de estudos e dá suporte para que ela siga até alcançar os seus objetivos.

A garota, que cursará o 9º ano do ensino fundamental no Colégio Militar Custódia da Silva Pedreira, foi aprovada em 2023 nos concursos das Prefeituras de Dueré, Silvanópolis e Pium, todos para o cargo de auxiliar de serviços gerais, que exige nível fundamental.

No concurso da Prefeitura de Dueré, realizado em 04 de junho, Kathleen obteve 55 pontos. Já no certame da Prefeitura de Silvanópolis, aplicado em dezembro do ano passado, ela alcançou 67 pontos. No terceiro concurso, para a Prefeitura de Pium, em 17 de novembro, a adolescente conquistou 80 pontos. Em todos os concursos, ela se classificou e ficou muito próxima de garantir uma vaga conforme os editais.

Seu pai, Leonel Marcos, responsável por elaborar os materiais de estudo da filha, comentou: ‘No concurso público, vamos adquirindo bagagem e experiência. O primeiro que ela fez foi para a cidade de Cariri, e ela tirou uma nota mais baixa. Falei: ‘vamos melhorar e estudar mais’. Quando saiu o concurso para Dueré, ela passou com uma nota acima da média e foi melhorando cada vez mais.’

Leonel expressou seu orgulho ao ver a filha trilhando seu caminho tão cedo: ‘Estou cheio de orgulho, porque nessa idade minha filha já está traçando seu caminho. Ela quer ser juíza ou delegada. Já com as experiências conquistadas, fazendo concursos, quando chegar aos 18 anos, poderá ter mais facilidade para ingressar nas áreas que deseja, que são policial e jurídica.’

O sonho de Kathleen em se tornar delegada federal tem sido uma grande motivação. A jovem declarou: ‘Fiquei feliz com a aprovação e estou evoluindo cada vez mais. Estou orgulhosa de mim mesma, e minha família sempre está me incentivando, o que me ajuda a não desistir. Quero fazer o concurso da Polícia Federal e quem sabe ser delegada, e também busco ser jogadora de futebol. Sei que tudo vai dar certo.’

Foto: Arquivo pessoal

Da redação do Acontece na Bahia