Acusado na morte do estudante de medicina acaba morrendo após confronto com a Polícia: “Disparou ao visualizar as guarnições”

Um dos homens envolvidos na morte do jovem estudante de medicina, Caíque Martins, no último domingo (10), foi morto em um confronto com guarnições de Canarana, Barro Alto, Ceto e 7° BPB (Batalhão da Polícia Militar).

O suspeito foi identificado como Gabriel Laranjeira. Ele estava foragido desde o dia do crime e teria agido como comparsa de Carlos Alexandre, o Dôfa, que já está preso.  Mas não termina aí.

Segundo a ocorrência policial n° 2103791, Gabriel estava sendo procurado na região que fica entre Canarana e o povoado de Mato Verde. Então, “Ao visualizar as guarnições dentro da Vereda, ele efetuou diversos disparos contra os policiais, que revidaram a injusta agressão.” Diante disso, o acusado acabou não resistindo. Ainda segundo a polícia, com ele foram encontrados um revólver calibre 32 e diversas munições.O confronto aconteceu na última quarta-feira (13).

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Comente: