Acusado de se aproximar e dar golpes em gays, “Lobo do Tinder” é descoberto e preso

O rapaz de 20 anos se aproximava de homens mais velhos e tentava deixá-lo apaixonados

Identificado como João Vitor Gomes, o “Lobo do Tinder”, foi preso detido nesta terça-feira (5) no Distrito Federal. Aos 20 anos, João Vitor é acusado de usar aplicativos de relacionamento para aplicar golpes em homens gays. Segundo a investigação, ele se aproximava principalmente de homens mais velhos e com boas condições financeiras, mas que costumavam manter a sexualidade em segredo. Mas não é só isso.

Sempre com uma mochila nas costas, o acusado marcava encontros nas casas das vítimas e, quando já estava dentro do local, anunciava assalto com uma faca. Além de levar joias e pedir transferências bancárias, o “Lobo” também levava roupas de marca. Ademais, o rapaz também é acusado de extorquir pelo menos 3 pessoas, forçando cada uma delas a lhe dar R$3mil. Após ser preso preventivamente, ele confessou que aplicava os golpes.

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Nacional.

Comente: