Acusado de matar médico pediatra durante atendimento é preso na mesma cidade do ocorrido e cúmplice é localizado pelas autoridades

As autoridades deram um grande passo nessa segunda-feira (27). Um dos principais acusados de matar o pediatra Júlio César dentro de uma clínica foi preso e um cúmplice localizado.

O médico pediatra Júlio César de Queiroz foi morto enquanto realizava um atendimento na cidade de Barra, na Bahia. Um homem armado invadiu o local e atirou contra o médico na frente da mulher dele, de funcionários e de uma criança que estava sendo atendido. Desde então, as autoridades se empenhavam para descobrir o motivo do ocorrido até que, nessa segunda-feira, o acusado de matar o médico foi preso na mesma cidade. Mas não termina aí.

Esse homem teria agido com a ajuda de outro, que o teria levado até a clínica e também ajudado na fuga com uma motocicleta. O cúmplice em questão já foi localizado e estaria no Tocantins, sendo sua prisão uma questão de tempo. Além disso, segundo o delegado que está acompanhando o caso, o Dr. Júlio teria alertado uma família que uma criança atendida por ele estava com sinais de abuso e pediu para que os familiares ficassem atentos. Esse seria o motivo pelo qual ele foi morto, sofrendo uma provável represália por ter avisado os familiares.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Comente: