Abraham Weintraub é exonerado do Ministério da Educação

Na tarde desta quinta-feira, dia 18, o Ministro da Educação Abraham Weintraub deixou o cargo. A exoneração ocorreu algumas semanas depois da liberação das imagens da reunião ministerial, que impulsionou um desgaste sem precedentes entre o Weintraub e o Supremo Tribunal Federal.

Ao lado do presidente Bolsonaro e emocionado, o ex-ministro explicou a sua saída:

“Sim, dessa vez é verdade…Eu estou saindo do MEC. Vou começar a transição agora e nos próximos dias passo o bastão para o ministro que vai ficar no meu lugar, interino ou definitivo.” Disse Weintraub.

Ele também desabafou e disse que estava preocupado com a sua segurança:

“Nesse momento eu não quero discutir os motivos da minha saída, não cabe. O importante é dizer que recebi o convite para ser diretor de um banco, já fui diretor no passado. Porém serei do Banco Mundial. E com isso, eu, a minha esposa, os nossos filhos e até a minha cachorrinha, a Capitu, a gente vai poder ter a segurança que hoje me deixa muito preocupado.”

Em conclusão, Weintraub falou sobre sua história com o governo:

“Claro que sigo apoiando o presidente Bolsonaro, como fiz nos últimos três anos quando a gente se conheceu. Nesse período, eu vi um patriota que defende os mesmos valores que sempre acreditei. A família, a liberdade, a honestidade, a franqueza, o patriotismo e que tem Deus no coração. Agradeço a honra que foi participar do seu governo, presidente. E desejo toda a sorte e sucesso que o senhor merece nesse desafio gigante, que é salvar o Brasil. Eu Continuarei lutando pela liberdade, só que vou continuar lutando de outra forma. “

Em resposta, Bolsonaro declarou:

“É um momento difícil. Todos os meus compromissos de campanha continuam de pé e busco implementá-los da melhor maneira possível. A confiança você não compra, você adquire. Todos que estão nos ouvindo agora são maiores de idade e sabem o que o Brasil está passando. E o momento agora é de confiança. Jamais deixarei de lutar pela liberdade. Faço o que o povo quiser.”

Além das pressões sofridas, Weintraub também protagonizou episódios complicados nos últimos dias, como na manifestação que foi multado por não usar máscara, o que contribuiu ainda mais para o desgaste da sua imagem.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: