29 anos sem Deolindo Amorim. Você já ouviu falar deste Ilustre Baixagrandense?

 

Deolindo Amorim.

Neste dia 24 de Abril completa-se 29 anos da morte de Deolindo Amorim.  Amorim nasceu em Baixa Grande em 1906 e faleceu no Rio de Janeiro em 24 de Abril de 1994. Deolindo Amorim foi escritor, funcionário público do alto escalão do governo federal e pessoa respeitabilíssima dentro do espiritismo, respeito este conseguido pela publicação de mais de 10 livros que abordavam a causa e estudos da Causa.

 

Deolindo Amorim é pai do renomado jornalista Paulo Henrique Amorim que já trabalhou na Rede Globo e atualmente trabalha na Rede Record de televisão. 

Deolindo Amorim nasceu no seio de uma família pobre e católica, vindo a tornar-se presbiteriano fervoroso. Rompeu com a sua igreja e permaneceu muitos anos sem definição filosófica ou religiosa.Mudou-se para o Rio de Janeiro, então capital do país. Graduou-se em Sociologia, pela Faculdade de Filosofia da Universidade do Brasil, tendo feito, ainda, outros cursos de nível superior. Tornou-se jornalista e, posteriormente, funcionário público, tendo galgado elevada posição funcional no Ministério da Fazenda.  Deolindo Amorim promoveu a criação do Instituto de Cultura Espírita do Brasil (ICEB), fundado em 7 de dezembro de 1957 e por ele dirigido até sua morte em 1984.

Da Redação.

Categoria(s): Regional.

Comente: