Connect with us

Social

12 atitudes de crianças que nos inspiram a fazer do mundo um lugar melhor

...

Neste sábado, 12 de outubro, celebra-se em todo o Brasil o Dia das Crianças.

A data comemorativa é prestigiada anualmente em homenagem a todos os pequenos e pequenas que serão os futuros líderes das gerações que virão.

Elas podem ter, à primeira vista, pouca experiência de vida, mas se agigantam em momentos importantes e sensíveis, podendo ensinar muitas coisas para os adultos, como empatia, compaixão, maturidade e companheirismo.

Separamos abaixo 12 atitudes de crianças que nos inspiram a fazer do mundo um lugar melhor. Confira!

#1 Garoto usa dinheiro da mesada para comprar óculos para amigo daltônico ver as cores

Dia das crianças garoto compra óculos especiais amigo daltônico ver cores

Thane, 11 anos, estuda na 5ª série pela manhã em uma escola de ensino fundamental, e durante a tarde, ganha uma mesada para fazer alguns afazeres domésticos para os pais. Mas o que ele fez com esse dinheiro foi algo extraordinário.

Ao descobrir que o amigo, Tyler, é daltônico, Thane decidiu poupar seu dinheirinho para comprar um óculos especial para Tyler.

Segundo a mãe do garoto, ele começou a fazer mais tarefas em casa para juntar mais dinheiro. Quando conseguiu acumular 100 dólares, Thane foi até uma ótica com a mãe e adquiriu os óculos, que ajudam a “corrigir” falhas que fazem com que os olhos não percebam as pigmentações como elas realmente são.

Tyler ficou absolutamente incrédulo ao ganhar os óculos. Ele pegou um guardanapo de arco-íris e não acreditava no que estava vendo!

#2 Menino vê colega autista chorando no primeiro dia de aula e segura sua mão para acalmá-lo

Dia das crianças Menino vê colega autista chorando segura sua mão para acalmá-lo

Era o primeiro dia de aula para Connor, 8 anos, em sua nova escola, em Wichita, Kansas (EUA). Pra qualquer criança dessa idade, o primeiro dia de aula traz insegurança e até medo. Mas para Connor, que é autista, seria ainda mais difícil.

Felizmente, o garoto conheceria naquela manhã Christian, também de 8 anos, seu coleguinha de sala que estendeu a mão para acalmá-lo em meio a todo aquele barulho.

Connor estava visivelmente perturbado e chorava sozinho. Ao vê-lo tão ansioso, Christian se aproximou e deu a mão para reconfortar e acalmar Connor.

#3 Garoto agredido por ter sapatos gastos agora recolhe sapatos para quem precisa

Dia das crianças Garoto agredido por ter sapatos gastos

Há cerca de três anos, Kyler Nipper foi parar em uma sala de emergência após ter sido covardemente agredido por vários colegas de sala que o humilharam por causa de seus sapatos gastos. Ele estava a caminho da aula de biologia.

Com um lápis pontiagudo, um dos agressores rasgou seu peito e ombros, além de perfurar seu pulmão.

À época, o menino tinha 11 anos e estava na sexta série. Ele foi hospitalizado e precisou usar um tubo de respiração por três dias. Após a recuperação física, Kyle foi diagnosticado com síndrome de estresse pós-traumático por causa do incidente, afirma sua mãe, Sherise Nipper. Ela e o marido, Nick Nipper, um chef de cozinha, o tiraram da escola e providenciaram para que ele estudasse em casa.

Na terapia, o garoto chegou à conclusão que deveria haver centenas de outras crianças na cidade que foram intimidadas e agredidas apenas por ‘não terem sapatos ou roupas bonitas’.

“Na minha escola, os sapatos eram realmente um grande negócio”, disse Kyler. “Você precisava ter um certo tipo de tênis para ser legal, de marca. Os meus tênis eram muito simples e estragados”.

Disposto a fazer algo para mudar essa realidade, o menino começou uma campanha de doação de sapatos na vizinhança. Uma semana após o incidente, Kyler colocou várias caixas vazias do lado de fora da casa de sua família e convidou os vizinhos a doarem calçados a quem precisa.

#4 Garota decide usar máscara para ficar igual amiguinha com doença no sangue

Dia das crianças bailarinas usando máscara

Empatia é coisa linda de ver, não é mesmo? E que belíssimo exemplo de empatia a Antonella traz pra gente! Ela virou amiguinha da Lia, que tem uma doença no sangue e precisa usar máscara. Lia tinha o sonho de fazer ballet e iniciou as aulas depois que recebeu liberação da equipe médica.

Foi quando conheceu Antonella, a Pompom, e ela espontaneamente decidiu também usar máscara para Lia não se sentir diferente e ficar igual à amiguinha!

“A Lia iniciou o ballet e na segunda-feira foi o primeiro dia da Pompom junto com ela. Aí deu nesse momento lindo de afeto e compreensão”, relata a mãe de Lia, Juliana Maia.

#5 Após ir à Bienal do Livro, menina de 12 anos cria biblioteca comunitária no RJ

Dia das crianças Lua sentada sobre caixas repletas de livros

“Eu fui à Bienal do Livro e vi muitas crianças sentadas que pegavam livros para ler, mas depois precisavam devolver, às vezes antes mesmo de terminar, porque não tinham dinheiro pra comprar. Voltei pensando nisso e aí me veio a vontade de montar uma biblioteca. Lá as crianças vão ter a chance de ler e até levar o livro pra casa”, conta a pequena Lua, como gosta de ser chamada.

Raíssa Luara de Oliveira – ou simplesmente Lua –, 12 anos, mora na comunidade do Tabajaras, na Zona Sul do Rio. Ao tomar a decisão de montar uma biblioteca, nem imaginava a proporção que esta história ganharia: com o apoio de doadores e voluntários, ela está erguendo um verdadeiro centro cultural na comunidade, que já tem até nome, o Mundo da Lua. Lá as crianças, além de ler, vão poder brincar, assistir a filmes e apresentações de contação de histórias, fazer aulas de dança e de reforço escolar.

#6 Menino doa único ovo de casa para leilão beneficente e gesto rende mais de 3 mil reais (GO)

Dia das crianças menino segurando ovo

Na pequena cidade de Caçu, interior de Goiás, com um pouco mais de 14 mil habitantes, aconteceu algo inusitado que virou notícia! UM ovo rendeu R$ 3.920 em um leilão beneficente em prol de uma casa de idosos da cidade.

Mas não foi apenas um ovo. Por trás dele existe uma linda história, e vamos contar o porquê. Esse ovo representa o gesto humilde de uma criança de 8 anos, o pequeno Gustavo, que ofereceu a única coisa que tinha em casa!

#7 Garoto de 10 anos cria ‘cartilha’ de alfabetização para ensinar amiguinho a ler

Dia das crianças cria fofa cartilha alfabetizacao ensinar amiguinho ler

Sabendo das dificuldades do amigo Raul, 10 anos, para aprender a ler, Gabriel Monteiro, também 10 anos, de Belém, Pará, decidiu ajudá-lo: criou manualmente uma ‘cartilha’ de alfabetização! 

Isso mesmo, bastou uma folha de caderno, caneta e a vontade do pequeno Gabriel de socorrer o amigo.

#8 Em foto tocante, menina de 5 anos ajuda irmão de 4 a vomitar após sessão de quimioterapia

Dia das crianças menina massageia costas irmão vomitando banheiro

Aubrey Burge, 5 anos, poderia estar brincando, jogando bola, correndo, assistindo TV ou estudando como qualquer menina. Mas ela largou tudo e optou por ficar ao lado de seu irmãozinho, Beckett, 4 anos, que precisava de apoio após uma sessão de quimioterapia.

Naquela manhã, o pequeno estava vomitando muito devido aos efeitos colaterais dos medicamentos utilizados na oncologia para destruir as células doentes que formam um tumor.

#9 Garotinho escreve cartinha cheia de amor para professora que perdeu seu cachorro

Dia das crianças Garotinho escreve cartinha cheia de amor para professora que perdeu seu cachorro

O amor que nós, seres humanos, sentimos por nossos cães é exatamente o mesmo que sentimos por outras pessoas, afinal, o amor verdadeiro não conhece raça, cor, sexo ou qualquer outra diferença. Então, como fica quando perdemos um cachorro que foi nosso companheiro durante tanto tempo? O coração fica despedaçado!

Na Escócia, Gemma Dunne, é uma professora do primário da escola St. Michael’s Primary School, na cidade de Glasgow ,e ela ficou devastada quando perdeu seu querido Golden Retriever, mas teve uma bela surpresa de um de seus alunos.

Callun, o garotinho, escreveu uma cartinha mais fofa impossível para expressar que também estava triste pela perda de sua professora e logo no início da carta, ele já pede desculpas, caso ela causasse algum desconforto ou aumentasse ainda mais sua tristeza.

#10 Menina pede para distribuir quentinhas a moradores de rua no seu aniversário de 8 anos

12 atitudes de crianças que nos inspiram a fazer do mundo um lugar melhor 2

A menina Adrielly, do Rio de Janeiro, pediu aos seus pais para entregar quentinhas a pessoas em situação de rua no seu aniversário de 8 anos. Foi o único “presente” que ela quis ganhar numa data tão especial.

“Eu fiquei muito orgulhosa, pois ela estava fazendo 8 anos. Com o pensamento nas pessoas que não teriam o que comer. Ela entregou as quentinhas com um sorriso de felicidade no rosto inexplicável. E disse que queria entregar mais vezes”, disse a mãe de Adrielly, Luciana Machado.

#11 Garoto de 8 anos limpa ponto de ônibus após se incomodar com lixo

Dia das crianças se incomoda com lixo decide limpar bairro São Vicente

O pequeno Mikael de Souza Pereira, 8 anos, incomodado com a situação precária de um ponto de ônibus no bairro onde vive, tomado por lixo descartado incorretamente, decidiu fazer a diferença e começou a limpá-lo por conta própria.

De acordo com sua mãe, Mical Rodrigues, o garoto reclamava constantemente sobre a sujeira do ponto onde pega ônibus diariamente. “Explicava que a gente guarda nosso lixo para jogar fora depois, mas que as pessoas não têm o mesmo costume. E sugeri que, se ele quisesse, poderíamos vir e limpar”, contou ela.

No mesmo dia, eles foram até o local, cataram todo o lixo e limparam o ponto de ônibus, em São Vicente, no litoral paulista.

Mical registrou a ação com fotos e vídeos. Ela conta que um saco de lixo não foi suficiente para recolher tanta sujeira espalhada. “É muita sujeira. Infelizmente aqui não vemos coleta de recicláveis, somente a coleta de lixo comum. Não conseguimos dar conta”, disse.

#12 Menina transforma a vida de idoso que estava em luto e com depressão no dia do seu aniversário

Dia das crianças Menina transforma vida idoso luto depressão dia aniversário

Enquanto comprava cupcakes para comemorar seu aniversário em um supermercado dos EUA com sua mãe, a pequena Nora Woods acenou para um idoso que estava com uma expressão triste.

A menina abordou o idoso e disse: “Olá senhor. Hoje é meu aniversário”, contou a mãe em uma publicação no seu perfil no Facebook.

A mãe conta que a expressão do homem melhorou quando percebeu que a menina estava falando com ele.

Após conversarem, a menina perguntou para o idoso, chamado Dan, se eles poderiam ser amigos e se ele poderia tirar uma foto com ela para seu álbum de aniversário.

Ainda um pouco surpreso, o idoso aceitou o pedido de Nora e até sorriu.

(Fonte: Razões para Acreditar)

Continue Lendo
Publicidade

Acontece Na Bahia - Copyright © 2019.